No início parecia que era apenas boato ou jogada de marketing, mas a candidatura do apresentador Luciano Huck à presidência está cada dia mais dando indícios de se tornar realidade. Segundo informações, o apresentador vem se encontrando com diversos partidos políticos, no intuito de formar uma aliança para concretizar o seu futuro nas eleições do ano que vem.

Essa decisão de concorrer a presidência pode custar o emprego dele e de Angélica dentro da Rede Globo. Como já foi dito pela própria Globo, caso Huck siga em frente com essa decisão, ele será demitido e não poderá voltar para a emissora mesmo se perder as eleições.

Luciano tem seu programa fixo, nas tardes de sábado, há alguns anos. Sua esposa apresenta dois programas ”Estrelas” e ”Vídeo Game” e independe da decisão de Huck, em 2018 ela deixará de apresentar os dois. O destino da loira na emissora é incerto. Se Luciano sair, ninguém conseguirá segurar Angélica na emissora, visto que ela não dá mais audiência nos programas que apresenta.

Foto reprodução/Google

Caso venha a disputar as eleições, o apresentador corre sérios riscos de não ganhar por vários fatores e como não poderá voltar para a globo, será um grande risco para sua carreira. Entre os fatores que apontam para sua derrota, estão: a polêmica de que ele já estaria envolvido com alguns políticos investigados em vários casos de corrupção; também  por ser conhecido apenas como apresentador de televisão e não tem carreira dentro da política e ainda os receios dos eleitores de votar em pessoas vinculadas a Globo. 

Não deixe de conferir as matérias abaixo: